Como os Líderes Deveriam Usar a Inteligência Emocional para Aumentar os Resultados Coletivos

É incrível como a conectividade entre os membros de uma equipe é capaz de acelerar determinados resultados de curto prazo e como essas pequenas conquistas melhoram o relacionamento e aumentam o nível de entrega da equipe nas tarefas seguintes.

Cada vez mais, os atributos que giram em torno destes resultados são a inteligência emocional e o relacionamento interpessoal. Isso mostra que as pessoas estão valorizando os líderes que se colocam como tutores além de direcionar a equipe para um resultado, compartilhando o conhecimento e as conquistas com todo o time.

 

time-resultados

equipe-unida

 

 

 

 

 

 

 

No livro de Daniel Goleman, “A inteligência emocional na formação do líder de sucesso”, ele apresenta uma pesquisa da consultoria Hay/McBer, com 3.871 executivos, que classifica os líderes em 6 tipos.

A pesquisa mostra como cada tipo de liderança afeta o resultado de uma equipe, como a flexibilidade na troca do estilo de liderança é necessária para aumentar o desempenho coletivo e que cada estilo de liderança resulta em componentes da inteligência emocional (I.E.).

Estas informações também concluíram junto com outras abordagens da pesquisa, que líderes que usavam estilos que afetavam o clima de forma positiva tinham melhores resultados financeiros do que os que não usavam, e que dos 6 estilos utilizados pelos líderes, apenas 4 deles exercem um efeito positivo.

Na tabela abaixo, ficam mais claros os pontos fortes e fracos de cada estilo e quando eles são adequados:

6-estilos-de-liderança

Lembro-me que em 2014, assisti uma palestra do ex-presidente dos Estados Unidos, George Bush, onde uma das poucas coisas interessantes que ele falou foi: “Se você quiser liderar uma causa, cerque-se de pessoas que sabem o que você não sabe”. Conectando esta frase ao que vimos acima, é notório que aqueles que sabem mesclar os estilos de liderança ou atribuir funções para membros da equipe que executam melhor algum estilo que o líder não domine, terão vantagem coletiva.

Após identificar qual dos estilos de liderança acima você se encaixa ou domina, cruze com os componentes da I.E. abaixo que você precisa implementar ao seu estilo.

 

Componente da Inteligência Emocional Descrição Estratégia para Desenvolvimento
AutoPercepção  Capacidade do indivíduo reconhecer de forma precisa suas emoções quando e como elas acontecem, bem como ter um conhecimento mais preciso de seu perfil comportamental Procure feedback constantemente;Avalie-se, note-se.
AutoGestão  Capacidade da pessoa conseguir controlar suas reações aos estímulos do ambiente e dos contatos interpessoais Coloque uma recarga mental em sua agenda;Durma sobre a questão
Percepção Social  Capacidade do indivíduo de perceber as emoções e sentimentos do outro (empatia) Coloque uma recarga mental em sua agenda;
Gestão de Relacionamentos  Capacidade do indivíduo de se adequar ao outro e lidar com ele a partir de influência, de forma natural e visando o relacionamento de longo prazo Explique suas decisões, não apenas as tome;Receba bem feedback.

 

É possível desenvolver-se em cada um desses componentes. Goleman sugere que um bom plano para desenvolver-se em I.E. é investir em autoconhecimento. Conhecendo-se melhor, suas reações emocionais à estímulos e suas preferências, o indivíduo consegue também se controlar melhor, pois sabe como reagirá a um determinado gatilho emocional.

Foque em trabalhar seus estilos menos desenvolvidos utilizando as estratégias da I.E. mencionadas. Assim como qualquer desenvolvimento de competência, é necessário colocar em prática diariamente para que os resultados apareçam com o tempo. Se sua equipe estiver ciente de que você está se desenvolvendo em algum estilo e como, ficará mais fácil para que lhe ajudem a acelerar seu crescimento.

Componente da Inteligência Emocional Descrição Estratégia para Desenvolvimento
AutoPercepção  Capacidade do indivíduo reconhecer de forma precisa suas emoções quando e como elas acontecem, bem como ter um conhecimento mais preciso de seu perfil comportamental Procure feedback constantemente;Avalie-se, note-se.
AutoGestão  Capacidade da pessoa conseguir controlar suas reações aos estímulos do ambiente e dos contatos interpessoais Coloque uma recarga mental em sua agenda;Durma sobre a questão
Percepção Social  Capacidade do indivíduo de perceber as emoções e sentimentos do outro (empatia) Coloque uma recarga mental em sua agenda;
Gestão de Relacionamentos  Capacidade do indivíduo de se adequar ao outro e lidar com ele a partir de influência, de forma natural e visando o relacionamento de longo prazo Explique suas decisões, não apenas as tome;Receba bem feedback.

A Enora ministra o curso de Inteligência Emocional como Ferramenta de Liderança e Relacionamento, em grade aberta e incompany.

Entre em contato conosco para aprender mais sobre esta competência.

Fontes

Livros: Inteligência Emocional” e “A Inteligência Emocional na Formação do Líder de Sucesso”, Daniel Goleman

Trust Works!: Four Keys to Building Lasting Relationships”, Ken Blanchard