O que está por trás da produtividade da sua equipe?

Entenda os fatores diretos e indiretos que afetam a produtividade das equipes e qual o seu papel como líder 

Falar de produtividade é algo cada vez mais frequente no cotidiano das empresas que buscam maneiras de potencializar seus resultados. Em um ano que se inicia com altos níveis de incerteza e riscos econômicos, sustentar o negócio e pensar em crescimento passa invariavelmente por garantir a otimização de recursos e o aumento da eficiência.

Nesse cenário, o que não falta no mercado e no grande mundo da internet são dicas de autoajuda, listas de como ser mais produtivo, de como se organizar melhor, do que fazer e do que não fazer, etc. Se você avalia que precisa de ajuda para a gestão da sua agenda e rotina, com foco no seu desempenho pessoal, busque no Google “As 10 dicas de como ser mais produtivo” que encontrará várias boas fontes.

Além dessa análise, o convite para você hoje é refletir sobre como a sua atuação como líder pode contribuir para a produtividade da sua equipe.

Para isso, precisamos analisar de forma ampla os aspectos de produtividade que impactam as equipes, considerando como principais os 4 fatores a seguir:  desempenho pessoal, desafios de liderança e gestão, estrutura organizacional e os aspectos culturais.

cultura-de-resultados

 

 

Em cada um dos fatores existem ações que podem contribuir para uma equipe ser mais produtiva. O desafio é ter a clareza de como esses fatores se relacionam, a reação em cadeia e o tempo para que as ações comecem a ser percebidas. Por exemplo, uma mudança cultural está mais associada a resultados em longo prazo e mudanças na rotina das pessoas, que impactam o desempenho pessoal, podem ser percebidas em curto prazo.

As ações em curto e longo prazo são importantes e devem ser planejadas considerando inclusive a interdependência entre elas: a própria mudança cultural (longo prazo) se dá por meio de uma série de ações em curto e médio, com diferentes níveis de complexidade.

Uma vez identificados esses aspectos, você como gestor, consegue estabelecer um plano de ação em 3 passos:

1. Comece respondendo perguntas para mapear o cenário atual:
a. Quais aspectos culturais que prejudicam a produtividade são mais evidentes na sua equipe?
b. Quais os desafios em relação à estrutura organizacional?
c. Como as suas ações como gestor podem contribuir nesse processo?
d. O que você pode propor considerando o seu nível de influência e autonomia para incorporar mudanças?

2. Mapeie as suas competências e como elas têm impactado a relação com a equipe, pares e superiores. Avalie sobre:
a. Liderança;
b. Construção de relações de confiança;
c. Capacidade de influência;
d. Habilidades de comunicação;
e. Visão sistêmica.

3. Avalie como você tem aplicado as práticas de gestão e quais podem ser potencializadas:
a. Definição de metas e indicadores;
b. Liderança situacional;
c. Delegação e empowerment;
d. Feedback;
e. Ações de reconhecimento e/ou desenvolvimento.

Como resultado desse processo, construa um plano da ação rápido e eficiente dividindo as ações em o que você precisa começar a fazer, parar de fazer e continuar fazendo. Considere as ações que estejam ao seu alcance (gestão e liderança) e como poderá incentivar mudanças em outros níveis da organização (cultural e estrutural).

BAIXE AQUI UM MODELO PARA SEU PLANO DE AÇÃO

Para saber mais como se desenvolver e acelerar sua produtividade profissional, tanto com fins comportamentais e estratégico para gerenciamento de pessoas, como  para modelos mais técnicos, utilizando métodos de gestão de tempo e recuros, entre em contato com a Enora e descubra a forma como estamos entregando resultados aos nossos clientes, tanto de forma individual, como incompany, presencialmente ou à distância.
Você irá se surpreender com nossa forma de ensino e aprendizagem revolucionária.

Fale conosco para receber uma proposta personalizada, baseada seus principais desafios e objetivos de curto e médio prazo.

eMail contato@enora.com.br

Fones: 
SÃO PAULO (11) 3509-9292
RIO DE JANEIRO (21) 3514-5151
CAMPINAS (19) 3112-1400
CURITIBA (41) 3012-2424
BELO HORIZONTE (31) 3515-5656
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS (12) 3512-2121
SOROCABA (15) 3141-0555
BRASÍLIA (61) 3246-7171